Enredo para um tema: a memória, tempo e fragmentos





Linha do Tempo

Adélia Prado (poeta mineira, das melhores) escreveu: "O MELHOR DO AMOR É SUA MEMÓRIA"

Esta linha poética está em um de seus poemas chamado "Enredo para um tema" e agora me aproprio para dar título a esta LINHA DE MEMÓRIA.

Desenhos de Lou Borghetti aos 4 e 6 anos de idade.

Nasci no anos 50/60 numa cidade, na época um vilarejo, chamada Chapada, um lugar lindo, região do Alto Uruguai, uma grande chapada de terras muito férteis em meio a elevações
por todos os lados. Uma região agrícola e de origem alemã, situada entre Carazinho e Palmeira das Missões. Meus avôs eram de origem italiana coisa rara naquele lugar.
Nasci em casa com uma parteira alemã.
Penso que naquele instante a oração mais pródiga teria sido novamente um poema de Adélia:

Com licença poética

"Quando nasci um anjo esbelto, 
desses que tocam trombeta, anunciou:
Vai carregar bandeira"[...]

 Lou Borghetti, primeira colagem com "figurinhas" de decalque

Lou Borghetti, desenho aos 12 anos.

E desde então, cumpro, mais feliz que triste, minha sina de carregar bandeira, com muito lápis e papel, tintas e pincéis...
Meu lugar no mundo, além da minha casa-atelier, é entre uma tela e outra, entre desenhos, uma ópera e o folhear dos livros.
Vivi naquele lugar bucólico, a terra de minha mãe, apenas os nove meses da gestação e os dois meses de vida. Então mudamos para Carazinho, a terra emprestada de meu pai, pois, sua cidade natal é Flores da Cunha  e lá esbocei a primeira fase de minha infância.
Com 8 anos viemos para a capital, Porto Alegre. A cidade grande onde a curiosidade se oferece em abundância e a inocência corre perigo.



4 comentários:

  1. Muy buena tu versión de la foto al pastel, así que tu relato de tus primeros tiempos, me gusta esta sinceridad y primeros dibujos.
    Un abrazo

    ResponderExcluir
  2. E ficou mil. Parabéns!
    Abração.

    ResponderExcluir
  3. Il est bon de retrouver les dessins de son enfance...
    Merci pour cette très jolie et douce confidence...

    Gros bisous.

    ResponderExcluir
  4. Ciao Lou, condivido quanto detto dalla Prado. Noto che già a quattro anni promettevi bene ed a 12 eri già molto brava. Modestamente lo ero anch'io ed a 12 anni ho esposto nella scuola che frequentavo sei disegni a matita rappresentanti delle scene dell'Iliade (ho preso il secondo premio). Purtroppo poi sono finiti bruciati, ma sarebbe troppo lungo spiegarti come. Ho continuato a disegnare e dipingere sino ai 40 anni, ma poi ho smesso a causa degli impegni di lavoro. Un abrazo.

    ResponderExcluir

Comentar